Garçom paga batatas e refrigerantes para menino carente

23/03/2019

Quem nunca viu uma criança em situação de dificuldade e quis ajudar? Muitas vezes, a vontade de fazer alguma coisa é maior que as possibilidades de que dispomos. Em outras tantas, mesmo que não tenhamos muitos recursos, o sorriso de um pequeno é motivo mais que suficiente para deixarmos algumas de nossas próprias necessidades de lado.

Aconteceu em Carapicuíba e tomou as redes sociais. A partir do relato de Amanda Bruno, conhecemos a história de Berg Araújo. Em um dia rotineiro de trabalho, o garçom observou um menino que entrava e saia do estabelecimento e, nesse trânsito observava uma partida de futebol na televisão.

O garçom perguntou ao garoto se queria assistir ao jogo. "O menino disse q sim mas "fulano" não deixava, o garçom disse "eu deixo, vem cá" - conta Amanda. Berg, então, trouxe uma porção de batatas, um refrigerante e, vez por outra, parava na mesa para comentar sobre o jogo com seu pequeno amigo.

O post de Amanda já conta com 116 mil likes, quase 8 mil comentários e mais de 50 mil compartilhamentos. Não é só o Beagá que acredita que o mundo precisa de mais Berg's. E você? O que achou dessa pequena atitude? Faria a mesma coisa?